VÍDEOS - assista aos vídeos demonstrativos da compra de tempo de leitura em CCDB Livros, único lugar onde se podem ler os livros de CCDB!!

PEQUENA HISTÓRIA DE UMA GRANDE MARCA - agora com link para a HISTÓRIA DE UMA GRANDE MARCA, Partes I e II, COMPLETA! - Primeiro Lugar no Google!

“CCDB” ® é Marca registrada no INPI, PATENTE 810.967.685 CRM, de propriedade de Cláudio César Dias Baptista, e protegida por Lei - como também suas outras Marcas. Marca formada pelas iniciais do nome de um “Artesão em Eletrônica” cuja vida destaca-se pela mais difícil conquista: Originalidade com Sucesso! A Marca “CCDB” representa a talvez única pessoa no Brasil a conseguir pleno êxito na Eletrônica, na Acústica, no Áudio, e na Música, sem investir os resultados em desenfreada busca de industrialização e comercialização, mas sim, na pesquisa e no aperfeiçoamento dos Produtos do próprio esforço.

Na foto, a Guitarra-Baixo de Ouro Regvlvs,
que manufaturei para meu irmão Arnaldo - CCDB

CCDB toca no festival de MPB com os outros Mutantes e Gilberto Gil - “mov” produzido pela BOSSANOVAFILMS


CCDB não copia os Produtos importados. A partir do início da década de 60, CCDB tem sido objeto de reportagens, nos maiores jornais e revistas. Por exemplo: Revista SOMTRÊS ® Agosto 1986, CAPA e reportagem da Revista Música e Tecnologia ® número 21 Junho/Julho de 1991, duas edições (Fev. e Mar. 1987 e encarte Vol. II - 1990, edição 85-A) da Revista Bizz ®, chamada de capa, editorial e reportagem Revista Backstage Ano 1 No8 1995. Foi o criador da lendária Guitarra de Ouro ® de Sérgio Dias (Baptista) dos Mutantes ®. Construiu sem mestre, os primeiros instrumentos musicais eletrônicos e eletroacústicos, como Guitarras e Theremins a participarem de um Festival de Música Popular Brasileira, com os Mutantes, Gil, Veloso, Duprat, e outros. Após ter criado Guitarras consideradas pelos guitarristas como as melhores do mundo, CCDB aprimorou-se em Eletrônica e Áudio. É autodidata nestes campos, mas orienta Engenheiros Eletrônicos, e Técnicos. Conquistou sem ajuda o diploma HONORIS CAUSA como Técnico em Eletrônica pelo CREA-RJ, e MEMBER DEGREE na Audio Engineering Society - AES (EUA)* grau reservado a Engenheiros de Áudio diplomados nos EUA ou em países credenciados, e à HONORIS CAUSA. CCDB cursou a EAESP-FGV. Com esta larga experiência CCDB fundou (1977), ao lado do proprietário, dirigiu e estabilizou a mais importante Revista brasileira do ramo, a NOVA ELETRÔNICA ®, (EDITELE ®), onde publicou aproximadamente 700 páginas de seus próprios Artigos, sobre Áudio, Sonorização, Gravação, e Eletrônica. Entre esses Artigos, o intitulado “O Sintetizador para Instrumentos Musicais e Vozes” é precursor, no mundo. A exigência da publicação, por fábricas nacionais, de dados completos e confiáveis sobre altofalantes, e o estabelecer das Técnicas de “Sonorização de Grandes Ambientes no Brasil” vieram dar benefício a 65.000 leitores diretos por mês, aos técnicos em sonorização, às indústrias de altofalantes, e a seus usuários. Os Artigos de CCDB são conhecidos por seu conteúdo Místico e Humano além de simplesmente técnico: talvez, sua maior contribuição como Ser Humano - seu mais elevado Objetivo. CCDB é o autor e o editor da primeira e única obra nacional do gênero, o Livro “CCDB - Gravação Profissional ©” com 1134 páginas. CCDB vem construindo, sempre artesanalmente: Sistemas de Áudio, de Análise Espectral, Mesas de Som, Amplificadores e Accessórios para muitos dos maiores Músicos e Grupos Musicais Profissionais (ex-Mutantes ®, Zod ®, Ultraje a Rigor ®, A Última Banda ®, Herva-Doce ®, Hay Kay ®, Blitz ®) e também para Igrejas (mais de cem Evangélicas, como: Primeira Igreja Batista de Niterói, Igr. Pentecostal de Nova Vida de Brasília, e várias Católicas, como: Par. N. S. da Penha, Alegre ES), Empresas (BANESTADO, etc.), e ainda, para Audiófilos, Estúdios de Gravação, e Faculdades de todo o Brasil. CCDB, é membro da IMA - International MIDI Association (EUA). Aparelhos idealizados, pesquisados, projetados, desenvolvidos e montados por CCDB, são encontrados ao lado de importados (Rock'n Rio I e II ®, MIDI-MIX RECORDING STUDIOS ®, STOCK-RIO ®, etc.), substituem-nos e superam. Adquiridos até por pessoa residente no Japão - ver Prospecto HISTÓRIA DE UMA GRANDE MARCA - PARTE II, onde é apresentada a carta do Cliente no Japão comprando dois Produtos CCDB, preferindo-os aos estrangeiros, citados na carta (Marshall ®, Fender ®, etc.). Vendidos a preços honestos, e só no Laboratório CCDB, sem auxílio de anúncios ou de lojas, os Produtos CCDB recomendam a si mesmos, em uso por mais de 2.000 Clientes diretos. Em 1994, CCDB pôs de lado a carreira do áudio no apogeu, para dedicar-se à escrita de livros e à divulgação do conteúdo desses livros. Com CCDB lançaram-se nessa árdua mas gratificante missão sua mulher Dalgiza Borges e o filho de ambos, Rafael Borges Dias Baptista - RDB. Até este momento, tais livros são: "Géa", ")que(", "Geínha" e a nova versão de "CCDB - Gravação Profissional", esta, em co-autoria com RDB. Também se acha em CCDB Livros a apostila "Xadrez: Regras, Dicas e Dez Mandamentos" de autoria de RDB. Por quinze anos CCDB se aplicou em horário mais que integral - inclusive aos sábados, domingos e feriados - em escrever tais livros e em lançar e desenvolver o site www.ccdb.gea.nom.br, cujo objetivo é apresentar os livros aos editores, para publicação em papel impresso. Em 2009 CCDB lançou a seção "CCDB Livros" no mesmo site e nessa seção pôs seus livros, mais aquele em co-autoria com seu filho RDB e uma apostila de autoria de RDB, para serem lidos on-line, mediante compra de tempo de leitura.

Última revisão do texto acima: - CCDB 01-10-2009

Eis (acima) a “Pequena História de uma Grande Marca”, igual está (inclusive os erros de português) nas últimas capas dos prospectos dos Produtos CCDB. Esboça a história do autor de Géa, só profissionalmente, antes de se tornar escritor e oferecer seus livros, por meio deste site, para contrato de publicação em todas as mídias.

Há também a “HISTÓRIA DE UMA GRANDE MARCA”, em dois prospectos, com 134 e 90 páginas, plenas de reproduções de fotografias, documentos, reportagens em jornais e revistas, capas de CDs, informações sobre livros (entre eles a obra polêmica de Carlos Calado “A Divina Comédia dos MUTANTES”) e tudo mais onde Cláudio César Dias Baptista - CCDB é citado, com relação a sua carreira feito artesão de instrumentos musicais, como criador (com Raphael Vilardi) do conjunto musical Mutantes e qual expoente do áudio no Brasil. Você pode baixar GRÁTIS cópias de ambos esses prospectos, clicando no link logo abaixo. Por favor, NÃO clique nos links da página aonde esse link leva, antes de lê-la INTEIRA.

Clicando nas imagens abaixo você as verá em alta resolução, portanto em tamanho maior e legível - CCDB 04-08-2009

* Carta de quatro sumidades no áudio do Brasil solicitando a aprovação de CCDB para fundar-se a AES neste país

* Primeiro e último comprovante de contribuição anual à AES na qualidade de "member"

 

História de Uma Grande Marca - Partes I e II - COMPLETA! ótima para O EDITOR conhecer melhor CCDB.

Capas para os Prospectos HISTÓRIA DE UMA GRANDE MARCA

CCDB pôs de lado essa incomparável carreira no apogeu, para trabalhar, com inda mais afinco (se isso for possível), no escrito Géa e o fez ininterruptamente, em tempo integral, desde 1994 até 2002, quando esse escrito já está composto e corrigido, embora venha sendo continuamente revisto e aperfeiçoado, já em 2003. Conforme esse tempo for contado, são oito ou dez anos de labor, os quais dariam bom volume para serem narrados, e onde não faltaram lutas, mesmo as mais inesperadas.

CCDB COMO AUTOR - MATÉRIA DE INTERESSE PARA EDITORAS PROPENSAS A PUBLICAREM O ESCRITO GÉA

Cláudio César Dias Baptista não é autor inédito: suas aproximadamente setecentas páginas de Artigos sobre áudio e eletrônica publicadas pela Revista NOVA ELETRÔNICA - EDITELE, da qual é um dos fundadores e foi diretor geral, eram procuradíssimas pelos Leitores e já possuíam o estilo nascente, só desabrochado com pleno fulgor no escrito Géa - vide Página Principal deste site (a do logotipo CCDB auriazul).

Os Artigos de CCDB formaram a maior parte das três primeiras edições mensais da NOVA ELETRÔNICA. Durante a publicação de tais Artigos, nesses e nos números seguintes, a tiragem da Revista, distribuída pela Editora Abril no Brasil e países de língua portuguesa, só fez aumentar, subindo de vinte e poucos mil, no lançamento, a uns sessenta mil exemplares mensais. Essa marca foi conseguida por CCDB durante sua direção da empresa, onde, contando este, trabalhavam apenas oito empregados.

Quando CCDB mudou-se de São Paulo para o Rio, deixou de escrever para a NOVA ELETRÔNICA; mas os novos diretores da Revista reeditaram por sua conta os dois primeiros Artigos do Curso de Áudio CCDB, bem como procuraram o autor, quando a Revista já contava com uns quarenta empregados, propondo-lhe voltar a escrever Artigos.

CCDB já havia retornado à sua atividade artesanal, e, mesmo assim, tornou a colaborar com a Revista, onde novos Artigos seus foram publicados, com grande sucesso e aumento da tiragem.

O encerramento da atividade da Revista, após dez anos de êxito, em nada se relaciona com CCDB e seus Artigos; sim, com outros planos do proprietário da EDITELE, dono também de fábrica de computadores e loja de componentes eletrônicos, aos quais preferiu dedicar-se melhor, fechando a Editora e a Revista.

CCDB escreveu também o livro "CCDB - Gravação Profissional", o qual editou ele mesmo artesanalmente e vendeu a centenas de Clientes a preço de custo, para auxiliá-los em seus empreendimentos. Vários estúdios profissionais de gravação surgiram inteiramente baseados nesse livro e até hoje são empresas crescentes e lucrativas. CCDB reescreveu tal livro em co-autoria com seu filho Rafael Borges Dias Baptista (RDB): a atualizadíssima versão de CCDB - Gravação Profissional é ofertada aos editores neste site.

CCDB escreveu e forneceu a milhares de Clientes mais de mil páginas de Prospectos e Manuais sobre seus Produtos de Áudio artesanais. A cada Cliente foi dado o conjunto completo de Prospectos, num trabalho imenso de divulgação dos Produtos e dos segredos do áudio. Hoje esses prospectos NÃO são mais fornecidos, mas estão disponíveis a repórteres e biógrafos para consulta e preparação de artigos sobre o trabalho atual de CCDB como escritor, que mencionem sua atividade anterior, ou sobre sua vida.

Esses Prospectos e Manuais, os Artigos e o Livro supracitados são ainda hoje matéria de estudo e considerados a "Bíblia do Áudio" por muitos profissionais.

Milhares de cartas de Clientes agradecidos, arquivadas com CCDB; bem como as cópias completas do Livro, dos Artigos, dos Prospectos e dos Manuais; comprovam tudo quanto está escrito acima.

CCDB outrossim possui mais de uma dezena de álbuns repletos de fotografias ilustrativas de seu trabalho, inclusive sobre os ítens supracitados, bem como tem várias fitas de vídeo sobre seus Produtos e sua maneira dedicada de apresentá-los aos Clientes. Há também dezenas de álbuns de fotos de família com CCDB. Esses álbuns só estão disponíveis para jornalistas, repórteres, cineastas ou biógrafos que CCDB receba em sua casa, com o intuito de publicarem reportagens, artigos, filmes, livros, etc. sobre seu trabalho no áudio, em que obrigatoriamente se mencionem o novo trabalho como escritor e suas obras literárias, ou escreverem-lhe a biografia - as regras para entrevistas estão na página Reportagens, neste site.

CCDB tem, ainda, um CD com animações feitas por ele próprio, com 3D Studio e Autocad, mostrando seus Produtos, embaladas ao som de Sérgio Dias. Esse material só estava disponível na residência de CCDB aos jornalistas, repórteres, cineastas ou biógrafos, mas agora se acha neste site para ser baixado por quem o deseje - mas por favor não sem ler a solicitação que se associa aos links. Esta mesma página permite acesso a essas animações (este link aponta para um determinado ponto de certa página deste site. Qualquer link desse tipo depende, para funcionar corretamente, do tempo de carga da página em seu computador. Caso não apareça o subtítulo das animações na primeira tentativa, volte para cá com o botão "Voltar" de seu browser e clique de novo no link de acesso às animações que deverá funcionar corretamente).

Além de Géa e CCDB - Gravação Profissional (este em co-autoria com seu filho RDB), as outras obras escritas de CCDB se apresentam neste site: Geínha - a Série Infanto-juvenil que também os adultos vão adorar, o livro chamado )que( e We, Mutantes - este último escrito em inglês e inda não ofertado aos editores para publicação. Os livros CCDB-RDB são os únicos que fazem sucesso mesmo antes de serem publicados!

- CCDB

O tratamento, ora na primeira, ora na terceira pessoa, de CCDB por CCDB é proposital, neste site.

 

Galeria de fotos da família CCDB, Dalgiza e RDB


CCDB não atende consultas sobre áudio e equipamento de som: apenas responderá sobre suas obras literárias.


Algo mais sobre CCDB

THE FIRST MUTANTE - by Marconi Ricciardi

Melhor que o resto do site? - confira!